Segunda-feira, 28 de Abril de 2008
Mini, seis quilos de poder
O avô da Mini morre de saudades da neta e não aguenta estar muito tempo sem a ver. Impressiona-se com as diferenças e, simpático, hoje quando a veio ver ofereceu-se para tomar conta dela enquanto eu ia ao supermercado.

O meu pai já era moderno em 1976 e como a minha mãe começou a trabalhar um mês depois de eu ter nascido, trocava fraldas, dava biberão e o mais que houvesse para fazer, portanto, apesar da choraminguice de final de dia, achei que a Mini ficava em boas mãos e lá fui.

Demorei meia hora, nem tanto, e quando cheguei o meu pai estava a suar em bica, com a Madalena ao colo. Estava caladinha, mas pelos vistos isso era coisa recente e o relato daqueles 30 minutos só me dá vontade de rir: "Só se calou agora, parece que estava a adivinhar que vinhas aí. Tentei de tudo: água, aquela coisinha cor-de-rosa [aero-om], pu-la na cama, na espreguiçadeira, eu sei lá...".

Apesar de me andarem sempre a chagar com essa coisa de que "chorar faz bem, abre os pulmões", não acho graça nenhuma a ter a minha filha a berrar quando não tem fome e está limpa. Mas é impossível que não aconteça e já me habituei a manter a calma nessas ocasiões. Por isso achei impagável ver o meu pai, uma pessoa que arranja sempre solução para tudo, totalmente à nora com uma bonequinha de seis quilos*. É o que eu digo: esta miúda é quarta powerpuff girl. Poderosa!

*Segundo a pesagem desta segunda-feira. Está uma texuguinha linda.

sinto-me:
tags: , ,

publicado por Lina às 23:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 4 de Abril de 2008
O que é que se passa aqui?
Na segunda-feira, ao contrário do que é habitual não fui pesar a Madalena. Deixei isso para ontem. Já me tinha habituado a que a Mini crescesse à velocidade da luz, portanto nem me esforcei por esconder a desilusão: de sexta (último dia em que a pesei) até ontem só aumentou 200 gramas. Pesa 5.350 kg com roupa. Acho que isto não quer dizer nada, apenas que ela está a crescer mais devagar, mas não pude deixar de ficar um bocadinho preocupada. Será que está tudo bem? Será que se está alimentar em condições? É mais uma coisa para perguntar à pediatra na segunda.

tags:

publicado por Lina às 18:13
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

Mini, seis quilos de pode...

O que é que se passa aqui...

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds