Terça-feira, 10 de Março de 2009
E não há por aí um selo para "Os Pais Mais Totós"?

Sôdona Vanita deixou-nos um selo do bom humor em seu blog, imagem que passaremos a reproduzir quando a parte do lalalá terminar, e nós agradecemos, agradecemos e agradecemos mais uma beca. Nem de propósito passámos por aqui para dizer que estamos à beira, à beirinha, de ganhar o prémio de "Os Pais Mais Totós" de que há memória.

A nossa cria está com gastroenterite (outra vez, sim!) e, apesar de nós até já termos percebido mais ou menos o que se passava, não conseguimos dominar o pânico. Perante um sintoma novo - novíssimo -  fomos a correr para o hospital. E para quê? Para o senhor doutor não ligar nem um cadinho que fosse à nossa grande preocupação com sangue no sítio errado e ainda nos dizer no fim: "Muito bem, estão a fazer tudo muito bem". Já tinhamos uma vaga ideia, dado que foi a pediatra que nos mandou dar chá preto (chique, sei lá), comida de hospital e nada de leite e seus derivados.

 

Ui, e quando lhe dissemos que também estávamos a dar Oralsuero à Mini? Só faltou levantar-se, dar-nos uma beijoca em cada face e um diploma de medicina. "Muito bem, muito bem". O que, para ser honesta, é melhor do que ser catedrática em cocó, que era mais ou menos aquilo em que nos estávamos a tornar. Mandou-nos para casa, adeus e se-vos-vi não-me-lembro.

 

Resumindo e concluindo, quando as crianças estão assim sai-lhes tudo por todo o lado, não há hipótese. A "gastro" (chegou a hora de nos tratarmos todos com mais familiaridade) vai durar qualquer coisa como uma semaninha, mas já estou feita à ideia. Logo que a máquina da roupa não avarie, nada nos vencerá.

 

Mas a parte que realmente me daria direito a colar na lapela o selo de Mãe Totó é pensar que, apesar pânico injustificado, se voltasse atrás fazia o mesmo. E que quando tiver outro filho farei coisas deste género, que só provam que o ser humano é o único animal capaz de tropeçar duas vezes na mesma pedra.

 

Em todo o caso, aqui fica o selinho.

(Já sabem as regras, reproduzam no vosso cantinho e convidem 15 blogues amigos a entrar no jogo - eu recomendo todos aqueles que estão aqui ao lado. São os que me dão boa disposição. Nem mais nem menos).

 

 


tags:

publicado por Lina às 22:36
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 9 de Março de 2009
É de propósito, só pode

Sempre que estou de folga, a Mini fica doente. A sério, porquê?

 

FYI: Vómitos.


tags:

publicado por Lina às 21:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2009
E ao quarto dia de creche...

38º de febre


tags:

publicado por Lina às 20:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2009
O outro lado do nosso 11 de Setembro ou como protagonizámos um episódio do "Dr. House"

Ok, se voltássemos atrás dispensávamos esta nota hospitalar nas nossas biografias, mas também houve momentos light. Como as saídas de algumas pessoas com quem nos cruzámos e que eram deste calibre:

- Trabalho aqui há 19 meses e nunca tinha visto uma coisa assim...

Isto quando não faziam excursões até à incubadora da Mini.

- Esta menina é mais intensiva do que alguns meninos que lá tenho. (Com os cumprimentos de uma auxiliar dos cuidados intensivos da pediatria.

 

Mas, atenção, nenhuma destas coisas foi dita para ofender ou preocupar os pais. Saía-lhes.

 

Na segunda semana, quando a Mini começou a dar mostras que ia dar a volta por cima, o ambientes distendeu-se e entrámos na fase "Dr. House". Toda a gente do piso de obstetrícia queria averiguar as razões para o estranho caso da hipertensão pulmonar.

Mãe - Estou cá porque a minha filha está na UCERN (Unidade de Cuidados Especiais a Recém-Nascidos)

Médica - Ai, sim? Que chato (com ar de desinteresse). Então e o que é que ela tem?

Mãe - Hipertensão pulmonar.

Médica - Você é que é a mãe da Madalena?! (súbito e não disfarçado interesse)

Mãe - Sim.

Médica - E tomou Indocid na gravidez?

Pelos vistos esta era a pergunta do milhão de dólares, e toda a gente a fez - da coordenadora do departamento, ao  obstetra, passando pelas enfermeiras e pelos médicos de serviço. E eu que nem nunca na vida tinha ouvido falar de semelhante remédio.

Mas a conversa não se ficava por aqui:

Médica - Tomou outros remédios?
Mãe - Só ben-u-ron.

Médica - É saudável?

Não consegui esclarecer as dúvidas dos médicos, mas percebi - helás - por que razão Gregory House não descansava enquanto não entendia as causas. É lá que reside a solução. Para nós, porém, o caso ficou sem resposta.


No meio daquela confusão toda e por incrível que pareça, gostei das pessoas que conhecemos. As médicas, as enfermeiras, os outros meninos que tinham o nome na incubadora e os pais deles: o Dinis e a mãe, e as gémeas Rita e Marta, que nasceram no dia 1 de Fevereiro com pouco mais de 1 quilo e tinham uns pais muito divertidos. Gostava de os ver agora.



publicado por Lina às 23:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 1 de Maio de 2008
A hipertensão pulmonar...
As estatísticas deste blogue revelaram-me uma coisa espantosa: alguém do Brasil veio aqui parar fazendo uma pesquisa por "hipertensão pulmonar". Fico sensibilizada com isso, e triste ao mesmo tempo.

Hipertensão pulmonar foi aquilo que fez com que a chegada da Mini a este mundo fosse tão complexa. Todos os dias (mas todos mesmo) me lembro disso e da sorte que é ela crescer e ainda por cima saudável. Por isso, achei graça que alguém, procurando esse termo, viesse aqui parar. O que me entristece é que haja tão pouca informação sobre isso. De tal forma, que alguém do outro lado do Atlântico, onde vivem tantos milhões de pessoas, venha aqui dar a correr.

E depois fico a pensar (só faço filmes, eu) o que estaria a passar a pessoa que nos visitou e que com tanto interesse passou por vários outros posts. Estará doente? Procura informação? Precisa de ajuda? Terá também um filho pequeno doente? Nunca saberei. Mas se por uma acaso da sorte o visitante voltar, gostava de saber o que o trouxe até este estaminé.


publicado por Lina às 12:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

Quatro dias sem sair de c...

E agora são as aftas

Mais uma noite de insónia

Esta rapariga ainda nos m...

Troca de sms com a pediat...

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds