Quinta-feira, 22 de Maio de 2008
Mães de Portugal, se quiserem dar palpites é agora o momento

Palpites avulso é coisa que dispenso, bem sabem, mas em situações de crise todas as sugestões são úteis. Portanto, a questão é: como posso pôr a Mini a dormir durante o dia sem que ela chore e sem que tenha de andar com ela ao colo para se acalmar? É que sempre são 6,500 kg de gente cada vez mais atenta ao mundo que a rodeia. Além disso, e principalmente, isto era bom para ela.

 

PS: Se a sugestão for deixá-la chorar, já sei os truques (merci, tia Inês). Mas queria qualquer coisa que não me deixasse com remorsos para o resto da minha existência, ok?


tags: ,

publicado por Lina às 23:00
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Vanda a 23 de Maio de 2008 às 11:52
Olá Lina!
O que eu fazia era cantar ou pôr a tocar músicas calmas e deixá-los na cama, sem lhes pegar. Se chorassem, acalmava-os com a minha voz e tocava-lhes para sentirem a minha presença. Evitava pegar ao colo assim que chorassem (a não ser, claro, que não acalmassem só com a minha presença e toque). Ao princípio pode custar, mas o Afonso e a Francisca habituaram-se e foram gradualmente deixando de precisar da minha companhia ao lado deles para adormecer.


De R a 23 de Maio de 2008 às 23:50
O meu filhote, por exemplo, adormece mais facilmente virado para o lado direito. Faço-lhe umas festinhas no nariz - já na cama - e ele adormece logo.
Outro truque (sagrado) é: cama só mesmo para dormir, ou seja, à noite e na hora da sesta. Assim já sabe que, quando o coloco lá, é para dormir.

Se nada disto resultar, descobri algo de fantástico para o adormecer quando está com birra. Uma daquelas bolas gigantes que se usam nos cursos de preparação para o parto. Sento-me lá com ele ao colo, faço movimentos suaves para cima e para baixo "shiuuuuuuu" baixinho ao ouvido dele. É tiro e queda. E sempre pesa menos do que andar a passear pela casa :)
Bjs


De mil sorrisos a 24 de Maio de 2008 às 00:46
A Laura, infelizmente, ainda precisa de colo para adormecer, mas já não há fitas nem é necessário andar com ela a passear. Percebe-se quando está a ficar com sono, sento-me, pego nela e pronto...aninha-se e já está. A questão é reconhecer os sinais da dita soneira e já se conhecem bem. Se a tentamos adormecer à força, sem que ela esteja para aí virada, não resulta.
Beijos e Mil Sorrisos
:o)))))


Comentar post

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

To whom it may concern

Intervalo político

21 semanas

É o Armando Gama? É a Mar...

Ser madrinha

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds