Sábado, 12 de Dezembro de 2009
Uma noite no Dolce Vita Tejo

Bem, quer dizer, uma pessoa não vai ao Dolce Vita Tejo (DVT), vai à Primark.

E o que é a Primark? Um síto com coisinhas feiíssimas que estão quase a ser giras, mas que valem sempre muito a pena porque são tão baratas que não gostarmos não há azar. Azar só para o planeta e para as condições laborais de quem faz sabrinas a seis euros, claro. Não deixa de ser engraçado: vamos para Copenhaga dizer que isto é muito importante, ai de quem diga que não é pró-ambiente e depois era giro começarmos a contabilizar a pegada ecológica que deixamos.Comprar seis pares de meias a três euros é o princípio de tudo (e estou a falar mesmo contra mim). Quando se romperam vou metê-las no lixo e quem não o faz é tido por maluquinho. Mas será mesmo? Porquê, quando e como deixámos de comprar as coisas que desejamos MESMO para ter umas que remedeiam porque são baratas?

Vou deixar este post para depois quando isto estiver ainda pior nos lembrarmos que um pijama a cinco euros é sinónimo de muito e maiores gastos. Já para não falar, e não vamos, que muito possivelmente isso também só é possível graças à exploração de umas quatas pessoas para que outras possivelmente da mesma idade tenham a sorte de as usar. Mas não, não vamos falar sobre isso. Deixo só a frase do Warren Buffet, multimilionário que doou 34 mil milhões de dólares a organizações não-lucrativas: "As pessoas pensam que tudo o que conseguiram é apenas o seu esforço, como se por acaso se tivessem nascido no Bangladesh tudo tivesse sido igual". Tem razão. Podia ter-se lembrado mais cedo, claro, mas ao menos lembrou-se. (Este era o ponto 1)

 

Ponto 2:

Ainda sobre a Primark. A qualidade das coisas é tão má, tão má que, por comparação, a H&M é boa, a Zara é óptima e a Bennetton é luxo. Mas eu estou fascinada com aquilo. Estou mesmo! E comprei coisas (coisas que se escondem!).

 

Ponto 3:

Qual é a Primark? Tal como muitas outras lojas que desenham roupas para crianças, gosta de vestir a miudagem como se fossem adolescentes. A sério, people, o que têm na cabeça? Incentivos à pedofilia? Frustrações acumuladas? As crianças só são crianças uma vez, portanto, enquanto o são é aproveitar para as vestir do que são. Com xadrez, com vestidos de grandes laços, com meias até ao joelho, com vestidos-bibe, com  camisas com golas em folhos, sweat-shirts à Pierrot, sandálias inglesas. A sério, têm tanto tempo para se vestirem como crescidos... Agora, pois claro, que nem tanto ao mar nem tanto à terra. A própria Madalena também veste um legging e também usa o seu casaco de capuz ao género 50 Cent. Só para o caso da miúda sair à mãe, que se lembra de pensar que a sua mãe a vestia à bebé quando as outras miúdas andavam bué radicais (mas isto foi muito mais tarde, não te ponhas com ideias, Madalena).

 

Ponto 4:

Por que razão tudo aquilo é tão grande? A dada altura concluí que o DVT é um dos monumentos portugueses mais grandiosos que já vi. Cada loja daquelas é maior que a minha casa. Toda. O Amoreiras ao lado é um velhinho AC Santos, um shopping de bairro (bem, é mesmo).


 

Ponto 5:

O ser humano é do caraças. Uma parte super feliz com as compras, outra furibunda com a invasão estrangeira: por que raios o multibanco de uma marca de café americano, a Starbucks (Mónica, já desbundei e continuo na minha: num centro comercial? Mas admito que o Chiado seja outra loiça), é da Servired espanhola? Achei giro, pessoalmente, foi uma viagem no tempo, mas, sinceramente, tanto bom equipamento do ISEL...

E, finalmente, a derradeira contradição humana: "que porcaria, só gente horrível, aos gritos e adolescentes", eu a pensar, e de repente pecebo que perdi o saco com a prenda (aliás, o presente) da minha prima Elsa (não te preocupes, a tua não é a da Primark!). Tinha-me esquecido dele na casa-de-banho e já o dava por perdido quando lá fui confirmar, uma hora depois, e - tcharan! - estava no mesmo sítio. Bom, não é? Ir ao centro comercial e levantarem-se tantas dúvidas filosóficas!


tags:

publicado por Lina às 01:29
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2009
Uma nova modalidade olímpica

Parece que a mini aprendeu a correr. Bem, o que ela faz é andar muito depressa, mas ela chama-lhe correr e eu não vou contrariá-la por causa desta ninharia. Mas isto vem a talhe de foice para dizer que o raio da cachopa apanhou uma nova mania (para além daquela de repetir tudo o que qualquer adulto diz): sai da escola e diz "mamã, vamos correr" e, enfim, desata numa correria que eu tenho de estugar o passo para a acompanhar. E isto tudo mas com a gabardine vestida? Um must. Parece o inspector Gadget atrasado para mais uma missão.


tags:

publicado por Lina às 00:48
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Considerações sobre as primeiras fotos tiradas na escola

- É mais forte do que eu: em onze crianças acho genuinamente que a mais filha é a Manena.

 

- Estão realmente engraçados. Ninguém se ri (o que também é típico nesta idade) e a Madalena até fez aquele seu ar de má nas fotos "a solo".

 

- Há quatro fotos a solo, mais uma de grupo e ainda fizeram o favor de mandar mais quatro pequenas tipo-passe ideais para carteiras de avós!

 

- O modelito escolhido resultou na perfeição. Por um lado parece o pai, com as mangas arregaçadas e aquela carinha que não engana ninguém. Por outro, faz concorrência ao boneco do Farmville com as suas jardineiras cor-de-rosa.


tags:

publicado por Lina às 00:34
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009
Eles

Pedro, Beatriz, Diogo, Sussu, João, Madalena

Cátia (educadora), Matilde, Sofia, Artur, Laura, Joana, Isabel (auxiliar)


As fotos chegaram. Estão tão giros que dá vontade de comer!






publicado por Lina às 00:57
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009
Até o teu avô me ligou a contar isto

O avô disse:

- A Madalena parece uma vassourinha com este vestido.

 

E quando a vovó Ceição chegou, ela disse:

 

- Vovó, vovô diz Manena é vassourinha

 

Pronto, está bem, não é discurso indirecto. Mas está quase, quase lá.

Caramba, que orgulho na Mini!



publicado por Lina às 02:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

101 coisas em 1001 dias (actualização)

1 - Ter uma irmã ou um irmão

FEITO 2 - Entrar na escola

3 - Ir ao cinema

FEITO 4 - Levantar os braços para vestir camisolas

FEITO 5 - Gatinhar

FEITO 6 - Andar   

FEITO 7 - Dizer papá

FEITO 8 - Dizer mamã

9 - Ler "Good Night Moon"

EM TREINO 10 - Contar até 10

FEITO 11- Ir a um concerto para bebés

FEITO 12 - Aprender a bater palminhas                                                           

FEITO 13 - Fazer pinça, isto é, apanhar objectos muito pequenos

FEITO 14 - Dizer adeus com a mãozinha

FEITO 15 - Dizer tio (tiuuuuuuuuuu!)

EM TREINO 16 - Usar o bacio (já sabe sentar-se e até já usa na creche, em casa é que ainda não)

FEITO 17 - Dizer não

FEITO 18 - Comer laranja, ananás, kiwi e morangos (Lambuza-se toda!)

FEITO 19 - Usar uma camisa igual à mãe (o nosso presente do Dia da Mãe)

FEITO 20- Ir à praia (com o avô e a avó)

FEITO 21- Ter uma Tripp Trapp

FEITO 22- Experimentar papas

FEITO 23 - Saber quem é o Pocoyo (Perfeitamente!)

24- Escrever uma carta ao Pai Natal

FEITO 25 - Comer caracóis

EM TREINO 26- Aprender a dar cambalhotas (por causa do Little Gym)

FEITO 27 - Aprender a dizer a idade (estica o dedinho e diz uhhhhhhhhhhhhh)

28 - Aprender a andar de bicicleta

29 - Jogar às escondidas

EM TREINO 30 - Aprender as cores

31 - Cantar a canção do "Coelhinho"

32- Começar a aprender inglês

FEITO 33- Dizer avô

FEITO 34 - Dizer avó (e como elas gostam daquele Vovó)

35 - Andar de avião

36- Ir a Barcelona

37 - Ir ao Circo

38 - Andar no balé

39 - Ver uma peça infantil 

FEITO 40 - Tomar banho no mar (toda nua!)

FEITO 41 - Comer comida de gente

FEITO 42 - Provar o sabor do gelado (o primeiro de todos foi uma Epá nos bancos do parque eduardo VII, em plena Feira do Livro, no Dia da Mãe; gostou)

43 - Dizer "gosto de ti"

FEITO 44 - Pesar 10 quilos

45 - Comer pizza em Santa Apolónia

FEITO 46 - Brincar nos balouços do Jardim da Parada

47 - Andar de autocarro

48 - Andar de eléctrico

FEITO 49 - Cortar o cabelo (Responsável: Wallace)

FEITO 50 - Usar ganchos

51 - Ir ao Jardim Zoológico

52- Jogar mini-glofe no parque de Santa Marta

53 - Ter os dentes todos

54 - Ir ao Benfica com o papá

FEITO E EM TREINO 56 - Brincar aos nenucos

FEITO 57 - Tomar banho na banheira grande

FEITO 58 - Correr para os braços da mamã no fim de um dia de trabalho

FEITO 59 - Correr para os braços do papá no fim de um dia de trabalho (e até brincamos a uma coisa muito gira que é o papá meta! e a mamã meta!)

FEITO 60 - Beber leite de vaca

61 - Pintar as unhas

EM TREINO 62 - Conhecer o oceanário (Já lá foi e já passeou, mas ainda precisa de mais umas visitas)

FEITO 63 - Pedir uma história para adormecer (todos os dias. É o seu ritual!)

64 -  Ter um cão em casa da avó

65 - Andar de barco

EM TREINO 66 - Encher o mealheiro de moedas

67 - Plantar uma árvore

68 - Dizer delicioso

69 - Medir um metro

70 - Acordar cedo para ver desenhos animados

FEITO 71 - Andar de havaianas (E fica tão gira!)

EM TREINO 72 - Sentar à chinês

73 - Ver a Mary Poppins

74 - Ver o "Feiceiro de Oz"

FEITO 75 - Lavar os dentes

FEITO 76 - Montar um puzzle (é pequeno e simples, mas já a vi montar um do Winnie, The Pooh! e em casa da avó)

77 - Calçar uns ténis All Star

78 - Comer sardinhas e festejar os santos

79 -  Fazer a vacina dos 15 meses

FEITO 80 - Usar o discurso indirecto

EM TREINO 81 - Dizer Madalena (Nanena não conta, e agora estamos no Manena)
82 - Deixar de usar fralda

EM TREINO 83 - Dormir 10 horas por noite

FEITO 84 - Dançar

85 - Usar cachecol no Inverno

86 - Tomar banho em São Julião

FEITO 87 -  Usar uma máscara de Carnaval (Apesar do comentário do pai, o disfarce de Aristogata conta)

EM TREINO 88 - Beber água pelo copo (por enquanto usa o copo com tampa)

89 - Brincar com o Pedro

90 - Brincar com o Gonçalo

91 - Ir com os pais de fim-de-semana

92 -  Sujar-se com terra

FEITO 93 - Fazer um desenho (é ver o sofá)

EM TREINO 94- Cantar os parabéns

95 - Fazer uma festa de anos

96 - Soprar as velas do bolo de anos

97 - Usar garfo e faca

98 - Ir a uma festa no ano novo

99 - Elaborar uma nova lista com 101 coisas para fazer em 1001 dias

100 - Dar opiniões sobre o que escrever no Blog da Madalena 

101 - Sentir-se feliz



publicado por Lina às 02:25
link do post | comentar | favorito

Boas Festas para todas as criaturas e criaturinhas

 

Mariah Carey


tags:

publicado por Lina às 00:34
link do post | comentar | favorito

Onde é que começa o mundo? Abre o Google Earth e verás

Parece que foi ontem e já passaram dez anos. A tia Ana conduzia o velhinho Peugeot 107, dois lugares, matrícula JF, Avenida da Liberdade acima, vinda do INP onde eu tinha ido ter, depois da Atalanta e, posso não saber o que comi ontem, mas lembro-me de falarmos da divisão do mundo e de como não havia nada mais ilusório do que os planisférios,que punham Portugal (e Espanha) no centro de tudo. Eu, vê bem, imaginava que o preceito era cada um ter o seu mapa-mundi "a começar" no sítio onde morava. (Porque nessa altura acho que ainda não percebia que há gente sem pátria, sem uma terra de onde ser e que não faz e que não se é menos pessoas por isso.) Mas não é assim. Todos os planisférios do mundo começam na Europa porque houve o Tratado de Tordesilhas e nós mandávamos e pronto. É só política.

- Se fosse hoje não seria nada assim, disse ela.

E não é. Dez anos depois já não é. Não podíamos prever que os planisférios iam deixam de ser em papel e iam passar a estar no computador e que ia haver uma coisa totalmente nova (e radical) - o Google Earth - que ia revolucionar tudo. Quando é que nasceu? 2005, 2006?

A precisão da ferramenta impressiona, claro.  É o sextante do século XXI. Mas o que mais me impressionou no dia em que abri "aquilo" pela primeira vez, foi perceber que realmente a Ordem do mundo mudou. Agora começa nos Estados Unidos e até conseguimos ver um bocadinho do oceano Pacífico. Que o Tratado de Tordesilhas é história. Que não é por acaso que a primeira aplicação que a Microsoft quer desenvolvida no seu motor de busca, o Bing, são os mapas. 

 

Portanto, uma pessoa pode ter uma União Europeia, pode "inventar" um presidente do Conselho Europeu, uma ministra dos Negócios Estrangeiros, pode ter um presidente da Comissão Europeia, pode ir a Copenhaga mandar postas de pescada sobre o clima, pode invocar-se a antiguidade, a tradição, mil anos de histórias, de fronteiras. Acabou. O mundo começa em San Francisco, como antes começou em Belém. (E já é uma consolação que o nome da cidade se entenda em português!)

 



publicado por Lina às 00:30
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 7 de Dezembro de 2009
Wishlist do papá

Tinha pensado oferecer isto:

(edição em DVD da primeira temporada da série da Quem Sai aos Seus)

 

Mas uma certa e determinada pessoa precipitou-se e foi à FNAC na sexta-feira.

A sério, eu queria. Queria mesmo, mas assim não há condições.


tags:

publicado por Lina às 03:22
link do post | comentar | favorito

Mais passado secreto das mamãs

Alguém proclamou este grupo como um dos melhores da década.



São mesmo, bem vistas as coisas.

E era só para dizer (armando-me em bué de boa para quem nunca conhece nada de música) que não só tenho o CD como os vi ao vivo. Sim, ao vivo. Razzmatazz, Barcelona (2002).



publicado por Lina às 03:04
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

To whom it may concern

Intervalo político

21 semanas

É o Armando Gama? É a Mar...

Ser madrinha

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds