Domingo, 6 de Abril de 2008
Nem com ela, nem sem ela
Sábado é dia de os pais irem namorar um bocadinho sozinhos. Hoje fomos ao Chiado ao Café Royal que é um sítio que eu só conheci recentemente e que gosto muito. A Mini ficou em casa (acompanhada, não se preocupem, não sofremos do síndrome McCann) e nós, os pais, fomos namorar.

Adoro quando fazemos isto e fico satisfeita por poder ter umas horas em que posso andar na boa sem me preocupar com barreiras arquitectónicas por causa do carrinho. Só que sempre que o faço não consigo evitar uma confusão de sentimentos. Adoro poder ir namorar, mas sinto sempre que me falta qualquer coisa. Hoje, por exemplo, parecia que estavam a pôr à prova a minha concentração. Quando chegámos ao restaurante estavam lá dois bebés, um deles bem recém-nascido.

Mas, e se não vou? Pior ainda. Fico com uma telha desgraçada.

Isto, em boa sabedoria popular, chama-se não saber o que se quer. O que vale é que isto passa... E depois ainda vou ter saudades.


publicado por Lina às 00:38
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

To whom it may concern

Intervalo político

21 semanas

É o Armando Gama? É a Mar...

Ser madrinha

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds