Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009
Isto foi ontem, já não vale

Apetece-me fazer queixinhas e não ter de pedir desculpa e dizer "mas olhem que eu gosto muito da Madalena!" Porque acordei às 05.00 da manhã com a Mini a choramingar, porque encontrei uma gaveta aberta e dezenas de elásticos de cabelo pelo chão. Logo aqui que já ninguém usa cabelo comprido. Porque não faz nada do que digo à hora da refeição. É calmíssima, mas tira-me do sério:

 

- Mamã, não pupa!

- Tens de comer a sopa.

- Mamã, não! Mamã, a outa!

- Qual outra?

- A outa papinha.

 

Ou, depois de uma hora a saltar-descer-subir-saltar-descer-subir do sofá, aparenta sono, mas depois não quer dormir.

 

Ou, o pior, não poder viver com um mínimo de espontaneidade, sem passar o tempo a prever o que vai acontecer. Sem estar sempre a antecipar o próximo passo. Exemplos:

Banho = é preciso levar a toalha para a casa-de-banho (já para não falar que é preciso antecipar vários dias que vai acabar o gel duche e é preciso substituir)

Sábado de manhã = stress total porque é preciso planear as refeições ou a coisa descamba e lá temos nós de aturar uma birra.

 


tags:

publicado por Lina às 23:11
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

To whom it may concern

Intervalo político

21 semanas

É o Armando Gama? É a Mar...

Ser madrinha

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds