Terça-feira, 20 de Outubro de 2009
Casinhas com arroz e ervilhas? Jamé

Porque sou uma mamã preocupada com o que dá a comer à sua cria, comprei este livro:

Tudo muito giro, tudo muito útil, até à parte em que sugerem que se  façam coisas como casinhas de arroz, debruadas com ervilhas, janelas de feijões verdes e árvores que são brócolos só para tornar a hora da refeição mais aprazível para a criança. Se algum dia me virem a fazer isto, por favor, internem.me. Em todo o caso não chamem a Segurança Social (conhecendo o fervor normativo desta gente são capazes de achar isto bem).

 

Acho inacreditável esta mania de que tudo o que tem a ver com crianças tem de ser divertido e super-mega-fixe. Uma coisa é achar, como acho, que devemos retirar prazer em tudo o que fazemos, mas isso não tem a ver com a coisa em si. Tem a ver com cada um de nós. Nós é que temos de encontrar o lado bom de tudo na vida. O que é vocês acham, mães, pais, pessoas deste mundo?



publicado por Lina às 01:41
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Dulce a 21 de Outubro de 2009 às 13:00
Como concordo contigo! O Luís diz que todas estas "tretas" são para quem nada tem que fazer! O bom das coisas somos nós que o temos de ver... Cada vez mais se criam as crianças em redomas de diamante, já não são de vidro, e depois as desgraçadas quando se fazem à vida desmorona tudo!.... Tento não ser assim com os meus, já agora tb te digo se algum dia me virem a fazer a triste figura de dar bróculos aos meus filhos brincando às árvores tb me podem internar!....
Beijocas doces


De Paulo Afonso a 21 de Outubro de 2009 às 17:00
Enquanto Psicólogo e Pai, ( de um casal de gémeos com 4 anos) apraz-me dizer:

GRANDE TRETA!!

As refeições devem ser alturas de convivio, onde o prazer´reside em estarmos todos juntos, apreciar os alimentos pelo que são (sabor), E a companhia dos afectos....

Isto é tudo muito bonito...

Mas lá em casa quero é que eles despachem a comidinha toda, e se fazem cara feia aos bróculos, só me resta mentir-lhes e dizer, quem não come bróculos hoje ao Jantar, vai comê-los amanhã ao pequeno almoço.
E bastou mostrar uma vez ao meu filho uma tigela de cereais com leite, com os bróculos a fazer a vez de cereal, que foi remédio santo.

Sejam pragmáticos, e nunca se esqueçam que o que o senso-comum das nossas "Mães" diz, suplanta, na maioria das vezes, uma qualquer teoria "à la Dr. Spock".

Adoro o seu blog


De Raquel a 23 de Outubro de 2009 às 01:48
Enquanto Dietista de 15.000 crianças e não-mãe

Essas técnicas só são recomendadas às crianças com problemas alimentares (as neofobicas e as "picky-eater").

Contudo, concordo com o "pai", não há nada mais eficaz do que aplicar o "não comes ao jantar, comes ao pequeno-almoço".

Já agora, mães e pais, façam-me um favor: não desistam dos legumes em casa para eu não sofrer quando eles forem para a escola primária:)



Comentar post

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

To whom it may concern

Intervalo político

21 semanas

É o Armando Gama? É a Mar...

Ser madrinha

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds