Quinta-feira, 2 de Julho de 2009
29 dias... para as férias

Não somos só nós que estamos a precisar de férias.

À porta de creche, esta tarde, uma tipa qualquer com ar de perua pôs-se aos gritos da rua para que não fechasse a porta. Teria de esperar que a voltassem à abrir, mas será mesmo preciso pôr-se aos berros na rua, no lugar de descarga de passageiros, destinado especialmente a quem vai levar e buscar as crianças (note-se), a gritar: "oh, ssssssssssssssssshhhhh, fecha a porta não". E a mulher a correr por ali fora, a esbracejar, em cima de umas socas, com as banhas todas a saltar daquele top pseudo-sexy, daqueles que a pessoa não pode vestir um dia inteiro porque às 15h00 já cheira a refogado. É nestas alturas que eu lamento não ter um raciocínio mais veloz (ou pérfido). Deixava-a aproximar-se q.b. e depois fechava aquelas porta pesada, grande e perra na tromba dela. Merecia!

 

Também recomendo férias - e um pouco de educação e aulas de código, vá - ao atrasado mental que estaciona em segunda fila e a quem dei um ligeiro toque no vidro. Portei-me como uma cidadá exemplar (uma verdadeira totó para os padrões da chico-espertice nacional), saí do carro e fui falar com o senhor, que entretanto estava  tirar uma foto ao meu carro com o telemóvel. "Boa noite, parti-lhe o vidro ou alguma coisa?", perguntei-lhe. Pois, o borrego não deve estar habituado a gente decente e nem sabia o que havia dizer. Estava tudo ok. Voltei ao carro e a lamentar o pensamento lerdo. Por que haveria de me preocupar se lhe tivesse partido o vidro? Ele não estava em segunda fila? Sou uma totó, mesmo para os meus padrões.

 

Finalmente, este espaço de 60 segundos deu tempo para me cruzar com a rainha das aselhas ao volante. Tenho pena de dizer isto, mas era uma senhora que não era capaz de ultrapassar o meu carro. Estava em segunda fila, porque eu tinha ido tratar do "sinistro", mas havia espaço para ela passar, tanto mais que eu estava a tratar de uma questão importante. Lá lhe pedi desculpa e que recuasse para eu tirar o carro e que faz a senhora, que conduzia mal mas pensava depressa? Ensaia um princípio de sermão sobre mau estacionamento!

 

 

 

 



publicado por Lina às 22:20
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

To whom it may concern

Intervalo político

21 semanas

É o Armando Gama? É a Mar...

Ser madrinha

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds