Quinta-feira, 2 de Abril de 2009
Alguém se oferece para vir cá a casa cortar as unhas da Mini

A coisa de que tenho mais vergonha na vida é de não saber fazer uma manicure de jeito à Mini. Geralmente, tento protelar o momento de cortar as unhas até ao ponto que ela tem garras. Como já não há nada fazer, corto um bocadinho.

Tenho medo de lhe cortar os dedinhos, que hei-de fazer?

Cortar as unhas da Mini quando ela está  acordada é um pesadelo. Não tão assustador como ver concursos apresentados por Jorge Gabriel, mas ainda assim difícil de suportar. Portanto, espero sempre pela noite. Só que a danadinha dorme sobre uma das mãos, o que só aumenta as dificuldades.

Até agora tive sempre vergonha de expor esta minha dúvida (embora já me tenha passado pela cabeça ligar para os meus amigos da Saúde 24), mas hoje decidi pôr isso para trás da costas e capitalizar o facto de estarmos nos destaques: Há por aí uns pais simpáticos que me expliquem, passo a passo, como se cortam as unhas de crianças irrequietas? Agradecida.



publicado por Lina às 22:57
link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De mil sorrisos a 3 de Abril de 2009 às 10:52
Por estas bandas sempre foi um castigo até ter descoberto uma coisa que resolveu o problema... Corta-unhas mini, pequenino, mesmo pequenino, para bebés. Com a tesoura sempre foi um caus porque a Laura debatia-se, esperneava, fugia, o diabo a quatro. Agora é uma maravilha. Não me perguntes porquê, mas resulta muito bem. Também podes experimentar com uma lima. Quando comprei o pente e a escova dela, trazia o corta-unhas e uma lima...
Beijos e Mil Sorrisos
:o))))


De Mim a 5 de Abril de 2009 às 15:10
Cortar as unhas é algo que poucas crianças gostam. Os meus filhos não fugiram à regra mas eu sempre fiz assim e resultou. Corto sempre depois do banho, utilizo corta unhas e não tesoura, depois de lhas cortar passava-lhes o corta unhas (fechado) e eles brincavam um bocadinho com ele! Comigo resultou! Com a S. nunca tive problemas mas com os rapazes resultou assim! Experimenta!
Beijocas ;)))


De Mãe de terrorista a 6 de Abril de 2009 às 14:23
Tens de lhe contar uma história. Contar os dedos e as unhas que saltam para que ela ache piada à brincadeira. Se nada resultar, tens de obrigar. Sim. Parece uma violência, mas é pegar nos dedinhos e dizer: eu vou cortar-te as unhas e pronto. Se não resultar, é apanhá-la a dormir... e tirar-lhe a outra mão de debaixo de corpinho. É que unhas grandes resultam em arranhadelas feias: nela e nos outros meninos. E não te preocupes: se eu nunca cortei um dedinho ao Salvador, tu, certamente, não o irás fazer....


De Lina a 6 de Abril de 2009 às 14:48
Estou a adorar as vossas sugestões. Continuem! A sério, eu hei-de conseguir.


De inÊs a 7 de Abril de 2009 às 15:45
EU!!!!!!


Comentar post

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

To whom it may concern

Intervalo político

21 semanas

É o Armando Gama? É a Mar...

Ser madrinha

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds