Quinta-feira, 18 de Março de 2010
E o grau de sofisticação do bicho?

O filho de uns amigos estreou-se em palco a tocar com os Violinhos e fomos vê-los no domingo à tarde (aliás, foi um fim-de-semana muito agitado, porque isto é uma família que não pode ver um raio de sol; no sábado, depois da ginástica levámos a cachopa ao jardim zoológico e ainda teve uma festa de anos em Mafra. Só ficou mesmo a faltar o congresso do PSD!).
Os Violinhos são absolutamente adoráveis e é comovente vê-los com quatro e cinco anos a tocar com tanta perícia (sobretudo para uma grávida com as hormonas malucas). Demos por nós a pensar "E se um dia a inscrevessemos na academia de música de Lisboa para tocar violino?".
E perguntámos-lhe.
E ela respondeu que não, vá-se lá saber porquê, tendo em conta em que se portou tão bem, tão bem, tão bem que até deu gosto - sempre sentada ao nosso colo, a bater palmas quando toda a gente batia palmas.
Depois a mãe teve a infeliz ideia de lhe perguntar "Preferes tocar tambor?" (que é o instrumento que tocam o Pocoyo e o Ruca) e os olhos delas brilharam enquanto dizia que sim. Portanto, agora quando lhe perguntam se querem aprender violino, ela diz "Não, qué tambor".
Sofisticado, sem dúvida.

 

(O fascínio pelo tambor é, aliás, anterior ao concerto dos Violinhos. Neste momento acho que a coisa que mais felicidade lhe traria na vida era ter um tambor e até pensei que era uma coisa mesmo muito boa ser a mana a oferecer-lhe um quando nascesse. Isso é que era uma entrada em grande, mas, está visto, isso não vai acontecer. Imagine-se o que era: um bebé por um lado e uma criança com um bombo por outro... Às vezes agrada-me já ter algum bom senso. Ufa!)



publicado por Lina às 22:29
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2010
Reinventando a música

Ó bolas para o Noddy.

... Carro amarelo...

Bip, bip, bip, bip.


(Hoje de manhã no carro).


tags:

publicado por Lina às 16:20
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 14 de Novembro de 2009
Mais um hit

 

A Cinderela, de Carlos Paião é um dos êxitos lá da escola.

A Madalena chama-lhe o Batixão (bate coração).

 


tags:

publicado por Lina às 09:21
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 11 de Novembro de 2009
Fazemos casamentos e baptizados

Do repertório actual da nossa filha já fazem parte os seguintes hits:

 

Olha a boia, Máneu (é o seu Like a Virgin, o seu I Gotta Feeling, o seu Poker Face).

 

À Gato (Atirei o Pau ao Gato, como se está mesmo a ver)

 

Ficidades (Parabés a Você) - Canta ela e tenho de cantar eu.

Só hoje entoei isto uma cem vezes, uma por cada membro da família e umas cinquenta só para o grande amor da vida da Mini, o Paquique (Henrique).O que vale é que o rapaz só faz anos em Junho.

 

Aleluia, aleluia! - Da missa. Literalmente. É das palavras que melhor diz, apesar dos "éles". Inicialmente tentei convencê-la a fazer uma nova versão, mais Jeff Buckley, mas, pensando melhor, não o vou fazer. Pretendo capitalizar este talento na entrevista com as freiras para a escola nova.

 

Vaca Leiteira - Só faz a coreografia. E não é sempre.

 

Papão - Gosta do princípio e do final, do xoninho escansado.


tags:

publicado por Lina às 00:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009
Because of You

 

Tu eras pequenina, pequenina, devias estar a dormir a sesta e a mamã ficou a ver a Oprah. Estava a Kelly Clarkson, uma ex-concorrente do Ídolos e eu queria ver como era ser a Luciana Abreu na América. Adorei esta canção, Because ogf You, cantada em dueto com uma estrela da míusica country, uma tal Reba McEntire de quem nunca tinha ouvido falar e provavelmente não voltarei a ouvir uma palavra que seja. É foleira? É capaz. Mas gosto muito do refrão. E já perdi a conta às vezes que a ouviste ao meu colo.

PS: A fuça da McEntire mete medo, não é? Mas quando ultrapassas isso, melhora.



tags:

publicado por Lina às 00:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sexta-feira, 4 de Julho de 2008
Mais banda sonora - os sons dos últimos dias

Eis o CD/DVD que alguma editora decente e com vontade de ganhar dinheiro devia pôr na rua:


1. O meu chapéu tem três bicos (com coreografia)

2. Era uma vaca leiteira, não era uma vaca qualquer (com coreografia)

3. Atirei o pau ao gato (alguém sabe coreografia?)

4. Doidas doidas doidas andam as galinhas (pedia a uma prima de 10 anos que me ensinasse)

5. As pombinhas da Catrina (apesar de ser um pouco erótica, parece-me!)

6. Ah, ah, ah, minha machadinha (mas desta a Mini não gosta muito, o que só revela inteligência e até, talvez, uma feminista de sétima ou oitava vaga. Quem é que pode compactuar com uma canção que diz "quem te pôs a mão sabendo que és minha?". Uma mãe não anda a criar uma filha para ela depois ela se intoxicar assim. Nem pensar. Mil vezes Melissa Ethridge).

 

Também tenho tentado o "a correr, tralalá, a saltar, tralalá, cavalinho não saía do lugar", mas fico-me mesmo só por isto. Não me recordo do resto da letra. Lanço aqui um apelo à minha amiga D., educadora de infância, para que me envie a letra. Desta ou de outras canções - infantis ou nem tanto - que possam servir para animar a baby Madalena. Sim, porque ultimamente as cantorias têm sido melhores que qualquer gosta de aero-om, melhores que colo, melhores que tudo. Para adormecer, para comer e, sobretudo, para acabar com birras. Hã, quem havia de dizer que esta maviosa voz de cana rachada ainda ia conseguir este feito? Se o Nuno Santos soubesse disto tinha-me convidado para o "Chuva de Estrelas" no Tivoli (edição recordar é viver).


tags:

publicado por Lina às 22:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quinta-feira, 5 de Junho de 2008
Banda sonora do dia

Buraka Som Sistema, "Sound of Kuduro"

 

Esta a tia Almeida aprova.



publicado por Lina às 23:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Segunda-feira, 19 de Maio de 2008
Pode ser-se mais pirosa?

A culpa é da mãe, eu sei. E vou pagar caro por fazer uma coisa assim, mas às vezes adormeço a Mini ao som das músicas mais estapafúrdias. Chico Buarque, Mozart para crianças e Adriana Calcanhoto ainda vá, agora André Sardet, Ricardo Azevedo ou Amy Winehouse... Talvez esteja a esticar de mais a corda.

 

Adenda: Por sugestão da Tia Almeida, vou pôr a Mini a ouvir Ornatos Violeta e Da Weasel (sorry, nem me tinha ocorrido!). Também acho que vou experimentar com Expensive Soul ou Mundo Secreto. E, já agora, Dama Bete é o quê? Desconheço completamente (ruborizo de vergonha).


sinto-me:

publicado por Lina às 20:17
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

E o grau de sofisticação ...

Reinventando a música

Mais um hit

Fazemos casamentos e bapt...

Because of You

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds