Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008
Isto é que uma grande verdade

No dia 4 de Novembro duas famílias importantes mudam de casa: os Santos Costa e os Obama!



publicado por Lina às 20:06
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Segunda-feira, 27 de Outubro de 2008
...
Não há nada de especial para contar.

Bem, quer dizer, há, mas não sou capaz. Tenho demasiado sono.

Seja por estar num daqueles surtos de crescimento, seja porque tem paródia o dia inteiro em casa dos avós, seja porque sim, porque lhe apetece e tem muita personalidade, o certo é que a princesinha do Pobral e Campo de Ourique tem acordado todas as noites lá pelas 05h00 com a espertina, pronta para uma sessão de brincadeira. Já não estávamos habituados e ressentimo-nos. Caramba! Somos humanos. A Mini não quer comer (embora a coisa só lhe passe com um biberãozinho), quer brincadeira, cócegas na barriga e no queixinho, e abraços apertados. Depois volta a dormir e parece que não aconteceu nada. Raça da miúda!


publicado por Lina às 20:09
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2008
Explicação para a crise que vivemos
É o pequeno preço a pagar pelo nascimento e existência desse maravilhoso ser humano que é a Madalena.


publicado por Lina às 15:46
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2008
Previsões de Maya para a semana da Madalena
Aquário
21 de Janeiro a 19 de Fevereiro
XVIII A LUA
Tente levar as coisas mais a sério e não continuar a fantasiar tanto a realidade, pois o resultado final não será o desejado. No plano afectivo repense a sua atitude numa relação. No plano material possibilidade de bons ganhos nos investimentos. Na saúde faça uma alimentação regrada.



Não é lindo?


publicado por Lina às 16:08
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2008
Rir a bandeiras despregadas
Uma das coisas mais lindas da Mini é a sua gargalhada. E que grande público que esta miúda é! Estando bem-disposta, umas cócegas no queixo ou um boneco que lhe faz festinhas podem ser quanto baste para que ela se ria com os dentes todos: 2. E não é preciso ser mãe da Madalena para perceber que tem um sorriso lindo e uma gargalhada especial: faz jajajajajajaja e ri-se cá com um gosto e com uma alegria... É lindo.


publicado por Lina às 20:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Bate palminhas, bate palminhas
Não há nada mais irritante/estúpido/lamentável (risquem o que não interessa ou então deixem estar tudo, porque é verdade) que pais a fazerem das crianças uns macaquinhos. Bate palminhas! Diz adeus! Faz miminho!... Isto fica mal, eu sei, mas não resisto. É mais forte do que eu. Ou devo dizer, do que nós... E aqui para nós, a minha filha é realmente MUITA ESPERTA e bate palminhas muito bem. Basta ouvir alguém cantar ou, como aconteceu este fim-de-semana, querer chamar a atenção de alguém. Bater palmas para a Mini não é apenas um gesto que prova a sua crescente destreza física. Não. É uma arma de sedução. Género: "ai, não me ligas? Toma lá palminhas". E, às vezes, um sorriso também.


publicado por Lina às 20:42
link do post | comentar | favorito
|

Porquê Madalena, porque me fazes isto?
A Mini é linda, que é, mas acordar às 05h00 da manhã não está com nada. Acordou, rabujou, dei água, colo, chucha e nada. Não havia meios. Finalmente, em desespero de causa preparei 240 ml de leite. Bebeu tudo e adormeceu. Como a mãe, esta vossa serva, já estava de rastos ficou mesmo na nossa cama. Mas o lindo da coisa é que às 08h00, mais coisa menos coisa, voltou a acordar e, segundo percebi, o problema era mesmo estar ali numa cama que não era a dela. Toca a meter "a menina" (ou devo dizer rainha do Sabá?!) na sua caminha. Dormiu mais uma hora e a seguir queria festa. Resultado: estou aqui que sinto as veias das fontes a latejar. Quanto à Mini-M, adormeceu ao almoço, causou uma pequena revolução e lanchou como uma princesa. Acho que estamos outra vez na época dos dentes.


publicado por Lina às 20:34
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008
Uma coisa muito gira ou, no mínimo, engraçadinha
A Madalena vai ter um primo novo no Natal, lá para 24 ou 25. Eu costumo chamar-lhe "o nosso Jesus" e acho muito giro isto de Madalena e Jesus se juntarem de novo dois mil e tal anos depois. É uma pena os pais quererem chamar-lhe Gonçalo ou Tiago (e ainda assim acho que a segunda opção é melhor; sempre se trata de um apóstolo).


publicado por Lina às 23:46
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Terça-feira, 14 de Outubro de 2008
Vai-te embora, ó melga!
- Quando vi a cara da menina toda picada só me deu vontade de chorar! - disse a minha mãe.

Ontem cheguei a casa para, mais uma vez, descobrir que melgas e Madalena são uma combinação a evitar. Estava toda mordida. É a terceira vez que os bicharocos atacam a nossa filha sem misericórdia e a minha mãe, basicamente, estava em pânico. Fartei-me de gozar:

- Não sei se estás mais preocupada com o trabalho que lhe fizeram as melgas se com o que o António vai dizer.

Ela fez aquele ar "achas, achas?", mas eu sei que estava à rasca. E, a bem dizer, o papá não ficou nada contente. Também, vamos lá ver, não é nada bom acordar, pegar na filha ao colo e ver a miúda pintalgada como um desenho animado. Desta vez a coisa foi séria. "Tem 13 marcas só na cara", disse-me o avô, o meu pai, esta manhã, a correr para a parafarmácia à procura de uma pomada qualquer para aliviar a sua própria culpa. De facto não é uma coisa muito agradável. Mas não é o fim do mundo. Felizmente. Só não combina é tanto com ela e com a sua beleza natural.


publicado por Lina às 17:42
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Segunda-feira, 13 de Outubro de 2008
Modorra infantil
Dias como o de ontem - friorentos e chuvosos - são perfeitos para ficar a "anhar" em casa. E parece que não é preciso ser crescido para se perceber as maravilhas disto de ficar em casa sem não fazer nada, embrulhado numa manta ou, no caso da Mini, ir para o chão brincar. Basicamente, passou três horas num senta-deita-levanta-cai-brinca no seu tapete. Abençoado cubo da Chicco, abençoada concha de plástico, abençoado caranguejo de plástico, abençoado livro de plástico (e obrigada a quem inventou o plástico!). A nossa miúda brincou tanto, tanto, tanto que à hora do lanche adormeceu sentada ao meu colo com o biberão na boca. Dormiu duas horas e a seguir ainda brincou mais. É tão bom ser bebé. Deve ser.


publicado por Lina às 20:16
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

To whom it may concern

Intervalo político

21 semanas

É o Armando Gama? É a Mar...

Ser madrinha

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds