Quarta-feira, 17 de Março de 2010
Uma questão para mães experientes

(Depois de um longo debate no Facebook com a Mónica, estendo o debate à comunidade blogueira)

 

Depois da pequena Teresa nascer não vou poder continuar a dizer coisas como "a princesa mais linda do universo é a Madalena" ou "quem é a filha mais linda do mundo?", pois não? Mas que culpa tem a miúda de ter uma irmã? Não posso deixar de ser querida com ela, mas e a bebé? Não tem direito a miminhos exclusivos? Ai, ai, as coisas em que uma pessoa se mete...

 

 



publicado por Lina às 22:41
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De mil sorrisos a 18 de Março de 2010 às 11:35
Não te preocupes em demasia, vais ver que depressa encontrarás forma de mimar as duas de igual forma e sem melindre de que espécie for, Ah... e gosto do nome Teresa, é um clássico!
beijos e mil sorrisos
:o)))


De Lina a 18 de Março de 2010 às 15:41
Obrigada pelo comentário. Fico contente por tantas e tantas pessoas gostarem do nome Teresa!!! Eu estou preocupada com isto, mas suponho que depois tudo se resolva. Bjs. E boas noites de sono!


De Anónimo a 18 de Março de 2010 às 13:27
Usas o plural.
É o que eu já faço.
Passei de: "quem é o amor da mamã?" para "quem são os amores da mamã?".
Claro que no meu caso é mais fácil porque posso dizer "quem é o meu principe" e ser só ele e depois "quem são as minhas princesas".
(Elas são mesmo dois em um!)

Bjs,
Raquel


De Lina a 18 de Março de 2010 às 15:39
Obrigada pelas dicas. Estou tão stressadinha com isto... E desejosa que nasça. E o contrário. É tão bom estar grávida!


De Vera a 18 de Março de 2010 às 15:54
Bem eu não tenho esse problema, porque quem é a mais linda menina? é só para a Kika e quem é o menino mais lindo é só mesmo para o Gonçalo, mas quando a Kika nasceu o Gonçalo perguntou: - Agora também gostas da mana? e eu respondi: Claro que gosto, mas gosto um bocadinho mais de ti porque já te conheço há mais tempo, ele ficou tão feliz com a resposta, que até hoje nunca notei uma pontinha de ciúmes. Miminhos para as duas, mas especial atenção à Madalena. Bjs


De Anónimo a 18 de Março de 2010 às 21:44
Lina,
Volto a comentar este post.
Tenho feito um esforço para não mudar o meu comportamento com o Vicente. Acho que há uma tendência natural para tentarmos ser mais atenciosas com os que já cá estão, mais dedicadas, fazer mais declarações de amor, etc.
Ora toda a literatura que li diz que o ideal é não mudar o comportamento porque uma mudança de atitude leva a criança a pensar que a relação que ele tem com os pais sofreu uma alteração com a chegada de outro bebé. Assim, mimos ao Vicente sim, mas não mais do que antes.
Bjs


Comentar post

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

To whom it may concern

Intervalo político

21 semanas

É o Armando Gama? É a Mar...

Ser madrinha

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds