Sábado, 12 de Dezembro de 2009
Uma noite no Dolce Vita Tejo

Bem, quer dizer, uma pessoa não vai ao Dolce Vita Tejo (DVT), vai à Primark.

E o que é a Primark? Um síto com coisinhas feiíssimas que estão quase a ser giras, mas que valem sempre muito a pena porque são tão baratas que não gostarmos não há azar. Azar só para o planeta e para as condições laborais de quem faz sabrinas a seis euros, claro. Não deixa de ser engraçado: vamos para Copenhaga dizer que isto é muito importante, ai de quem diga que não é pró-ambiente e depois era giro começarmos a contabilizar a pegada ecológica que deixamos.Comprar seis pares de meias a três euros é o princípio de tudo (e estou a falar mesmo contra mim). Quando se romperam vou metê-las no lixo e quem não o faz é tido por maluquinho. Mas será mesmo? Porquê, quando e como deixámos de comprar as coisas que desejamos MESMO para ter umas que remedeiam porque são baratas?

Vou deixar este post para depois quando isto estiver ainda pior nos lembrarmos que um pijama a cinco euros é sinónimo de muito e maiores gastos. Já para não falar, e não vamos, que muito possivelmente isso também só é possível graças à exploração de umas quatas pessoas para que outras possivelmente da mesma idade tenham a sorte de as usar. Mas não, não vamos falar sobre isso. Deixo só a frase do Warren Buffet, multimilionário que doou 34 mil milhões de dólares a organizações não-lucrativas: "As pessoas pensam que tudo o que conseguiram é apenas o seu esforço, como se por acaso se tivessem nascido no Bangladesh tudo tivesse sido igual". Tem razão. Podia ter-se lembrado mais cedo, claro, mas ao menos lembrou-se. (Este era o ponto 1)

 

Ponto 2:

Ainda sobre a Primark. A qualidade das coisas é tão má, tão má que, por comparação, a H&M é boa, a Zara é óptima e a Bennetton é luxo. Mas eu estou fascinada com aquilo. Estou mesmo! E comprei coisas (coisas que se escondem!).

 

Ponto 3:

Qual é a Primark? Tal como muitas outras lojas que desenham roupas para crianças, gosta de vestir a miudagem como se fossem adolescentes. A sério, people, o que têm na cabeça? Incentivos à pedofilia? Frustrações acumuladas? As crianças só são crianças uma vez, portanto, enquanto o são é aproveitar para as vestir do que são. Com xadrez, com vestidos de grandes laços, com meias até ao joelho, com vestidos-bibe, com  camisas com golas em folhos, sweat-shirts à Pierrot, sandálias inglesas. A sério, têm tanto tempo para se vestirem como crescidos... Agora, pois claro, que nem tanto ao mar nem tanto à terra. A própria Madalena também veste um legging e também usa o seu casaco de capuz ao género 50 Cent. Só para o caso da miúda sair à mãe, que se lembra de pensar que a sua mãe a vestia à bebé quando as outras miúdas andavam bué radicais (mas isto foi muito mais tarde, não te ponhas com ideias, Madalena).

 

Ponto 4:

Por que razão tudo aquilo é tão grande? A dada altura concluí que o DVT é um dos monumentos portugueses mais grandiosos que já vi. Cada loja daquelas é maior que a minha casa. Toda. O Amoreiras ao lado é um velhinho AC Santos, um shopping de bairro (bem, é mesmo).


 

Ponto 5:

O ser humano é do caraças. Uma parte super feliz com as compras, outra furibunda com a invasão estrangeira: por que raios o multibanco de uma marca de café americano, a Starbucks (Mónica, já desbundei e continuo na minha: num centro comercial? Mas admito que o Chiado seja outra loiça), é da Servired espanhola? Achei giro, pessoalmente, foi uma viagem no tempo, mas, sinceramente, tanto bom equipamento do ISEL...

E, finalmente, a derradeira contradição humana: "que porcaria, só gente horrível, aos gritos e adolescentes", eu a pensar, e de repente pecebo que perdi o saco com a prenda (aliás, o presente) da minha prima Elsa (não te preocupes, a tua não é a da Primark!). Tinha-me esquecido dele na casa-de-banho e já o dava por perdido quando lá fui confirmar, uma hora depois, e - tcharan! - estava no mesmo sítio. Bom, não é? Ir ao centro comercial e levantarem-se tantas dúvidas filosóficas!


tags:

publicado por Lina às 01:29
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Presente

To whom it may concern

Intervalo político

21 semanas

É o Armando Gama? É a Mar...

Ser madrinha

Passado

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links
tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds